Paradoxo pessoal

As palavras parecem estar fora de ordem e os títulos parecem bagunçados, igual a quando eu estou com preguiça e aperto todas as letras do meu teclado. Me foco em não pensar, em não ver e enxergar. Tenho medo de não assistir essa cena e no futuro do ontem não saber o que ainda se passou. Minha visão parece embaçada e minha voz parece meio torta. É um e.t. só que sem a parte de ser de outro mundo. Ou talvez, seja só isso, um ser de outro mundo. Um mundo de outro ser, o meu ser, o meu mundo.

A caneta treme na minha mão e a minha letra sai pior do que é normalmente. Tenho preguiça de ler meu nome e responder minha idade. Estou ficando velha aos meus 17 anos. Mal de alzheimer, mal de parkinson, mal de mim. Estou de mal comigo por mim, através de mim, além e apesar de mim. Nada que me envolva apenas não quero conversar comigo e sobre mim. Sinto minha ausência e carência. Estou aqui apesar de não estar.

Tenho andado parada com bastante preguiça de pensar. Quero pensar, refletir e aprender, pra quem sabe assim, poder me ensinar. Quero escrever sem nada na mente, só quero um turbilhão de muito nada. Só quero minha confusão toda arrumada, mas tem que ser daquele jeito bagunçado que só eu sei. Quero meus problemas todos resolvidos, mas deixa um ou dois, muita paz ás vezes, ou sempre, me irrita. Me estresso na minha calma de ser nervosa. Me tranquilizo no meu jeito agitada. Vou levando a minha vida meio morta, a minha morte meio viva. Vou levando a minha sobrevivência em um mundo de zumbis que querem tudo fora seu cérebro, fora suas idéias. E assim vou levando minha vida, nesse paradoxo meio completamente e totalmente oposto.

– Marina Frael de Abreu

Anúncios

Me conte sua opinião sobre isso

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s