Vem cá

Então vamos conversar sobre nós. Não vai embora assim, fingindo que não sente, porque eu sei que isso é impossível. Mesmo com meu jeito todo torto eu sei que você ainda me ama. E se for capaz eu te amo o dobro. Porque você me fez sorrir e chorar de um jeito único. Me fez amar. Me fez te amar. Eu tenho tanto a te agradecer por isso. E amor vem cá, vem pra perto de mim.
Pode até colocar Oasis pra tocar e eu juro que não vou te chamar de melodramático por isso. Sempre foi implicância e você sabe. Essas são as nossas músicas e eu adoro tanto isso. Vem me amar daquele jeitinho que só você sabe. Me faz lembrar de todos os motivos pelo qual eu te amei. E ainda amo. E você não tem noção do quanto eu amo. Talvez nem mesmo eu tenha. Vem cá me perdoar por todos os meus erros e mancadas. Eu sou uma estúpida e ridícula, mas é só esse meu medo de amar falando mais alto que eu. Ele quer gritar e eu quero tanto que ele fique ali quietinho na dele. Porque eu sei que com você não há o que temer, basta me jogar e se você estiver comigo, aonde eu cair não tem problema.
Vem me amar e eu juro que deixo de lado todo meu orgulho. Orgulho não é amor próprio e o meu amor todo está em você. Então vem cá e me abraça. Me envolve no seu mundo e me deixa sem nenhum ar. Eu não ligo de não respirar porque o seu cheiro já está preso em mim. Vem cá, só vem e sorri. Vem cá, nem que seja só pra mim te olhar mais uma vez, a última vez, e se assim for melhor pra você, te ver partir.

marina

Anúncios

Me conte sua opinião sobre isso

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s