Não-felicidade

Agora eu estou aqui pra contar a história do escritor que não podia ser “feliz”.
Ele era triste, vivia em seu mundo e não atrapalhava ninguém. Escrevia os melhores textos que qualquer um já leu. Textos sobre todos os temas, textos que faziam você pensar e refletir sobre a sua vida. Os textos dele mudaram a vida de muita gente, tirou muitas pessoas do fundo do poço. Um dia ele pensou que porque ele não podia sair desse tal fundo do poço. Saiu pela porta e foi ser feliz. Saia todas as noites, bebia, paquerava e fazia tudo aquilo que ele sempre viu nos filmes as pessoas “felizes” fazendo. Ficou mais de um mês sem escrever e quando se tocou disso sentou-se na sua cadeira de trabalho, pegou uma caneta e seu caderno de sempre. As ideias nao vinham. A emoção pra escrever não vinha. Quando ele tentava descobrir o que sentia só conseguia ver um vazio dentro de si. Perguntou-se por onde andava aqueles turbilhões de emoções. Aquelas emoções que sempre o acompanharam e que o faziam escrever um desabafo, que o faziam escrever por paixão. Lembrou de todas as noites e festas que havia tido desde que foi ser feliz, lembrou de si mesmo rindo e falando todas as bobagens. Procurou inspiração nessas bobagens, procurou inspiração em tudo que havia passado no último mês. Chegou a escrever algumas coisas e, apesar de sempre ter sido auto-crítico demais, sabia que aquelas palavras que vinham sendo escritas estavam realmente horríveis. Não fazia sentido, não tinha emoção.

Foi ai que ele decidiu parar de sair durante as noites. Parou de festejar e as únicas bebidas que faziam parte do seu dia-a-dia eram vinho e café. Ele foi descobrindo que na verdade gostava de “não ser feliz”, ele gostava de viver a sua vidinha como sempre foi, sem sair e como sua única diversão sendo escrever. Ele descobriu que gostava de “não ser feliz”, para ele isso sim era a felicidade.

marina

Anúncios

Me conte sua opinião sobre isso

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s