Ei você

Ei você, como anda a vida? Fiquei sabendo que foi promovido ao cargo mais alto da sua empresa, acho que te devo meus parabéns. Bom, e também aquelas 100 pratas da aposta de quando eu falei que você nunca conseguiria. Posso te contar um segredo? Eu sempre acreditei em você, eu só gostava de provocar mesmo. Sabia que eu finalmente escrevi um livro? Imaginei que ficaria orgulhoso de mim, e sabe, deu vontade de te procurar pra contar mas ai eu preferi ficar aqui quietinha e não atrapalhar sua vida mais uma vez, afinal, acho que já te magoei demais.
É, eu finalmente percebi que você me amava só que infelizmente foi tarde demais. Vai parecer desculpa se eu falar que achava que você era bom demais pra mim? Eu tive medo do amor e, acredite quando digo, eu me arrependo amargamente disso. Ter terminado com você foi uma das piores coisas pra mim, doeu muito sabe? Mas foi melhor pra você, você é bem melhor sem mim, é mais feliz também, eu sei que sim.
Ei, eu nunca te contei mas o meu livro é inspirado na nossa história. Bem, eu tive que mudar o final, sempre gostei do “felizes para sempre”, você sabe, e a nossa história teve um final, mas ele não foi nada feliz.
Enfim, as lágrimas já estão começando a escorrer e você sabe que sou orgulhosa demais pra chorar. Ta ai uma coisa que você odiava em mim, esse meu orgulho. Posso confessar? Eu também passei a odiar ele, afinal, acho que foi ele que não me permitiu achar o jeito certo de te amar.

marina

Anúncios

Me conte sua opinião sobre isso

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s