Tímidos ou arrogantes

Fotografia: Autor desconhecido

Para mais poesia Heaven – Amber Run

Vamos ser normais, ou pelo menos tentar. Que seja por um dia, uma noite ou um luar. Vamos ser loucos porquê como nós são poucos. Amigos, amantes, tímidos ou arrogantes. Vamos fazer sentido para não fazer, com toda a essência de um único ser. Você. Eu. Mais ninguém. Ou todos. Vivendo as vidas apenas como lobos. Reis ou rainhas, querida vossa alteza, me deixe socar, a sua enorme grandeza. Que sejam felizes e não aceitem nada menos que o amor. Mesmo por uma flor, ou dor, ou cor. Ardor. Que arda. Que sinta. Comprima. Aja feita um imã. Se junte. Se cole. E não largue. Sapos ou ratos, afinal tudo não passa de um grande buraco. Que não seja para sempre e não dure eternamente. Até porque, entre salvos e feridos, todas as pessoas mentem.

Anúncios

Me conte sua opinião sobre isso

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s