Ele

Fotografia: Autor desconhecido

Para mais poesia ouça Wildfire – Seafret

A pior parte sobre passar muito tempo com uma pessoa é que você acaba descobrindo coisas sobre ela, detalhes idiotas e que fazem parte do dia-a-dia, mas são essas pequenas descobertas que te fazem lembrar dela a cada instante.
Como não viver na cabeça com alguém que você lembra só de ouvir música, ou comer?
Tudo começou com uma piscadinha e um sorriso, e então eu comecei a reparar nele.
E o meu mal foi esse, prestar atenção em cada movimento e momento dele.
E o meu mal foi esse, analisar cada centímetro de sua personalidade procurando entender quem era ele.
E o meu mal foi esse, tentar descobrir algo que eu não gostasse nele.
E descobri.
E eu descobri tanta coisa que quase me faziam odiar ele.
Mas eu não odiava, eu não conseguia.
Coisas que me fariam não querer mais falar com qualquer outra pessoa do mundo simplesmente caiam bem nele.
É como se o fato dele ser tão errado fosse o certo.
É como se o fato dele ser tão horrível fosse o correto.
É como se o fato dele ser meu oposto me atraísse.
Uma atração magnética, hipnótica.
Uma atração que funciona como uma imã.
Porquê entre mim e ele tem uma rima estranha, que não tem sentido ou ritmo, e violão nenhum quer cantar.
Porquê entre mim e ele tem uma conexão bizarra, a gente se faz bem de um jeito engraçado que não dá pra entender.
Porquê entre mim e ele tem uma incógnita dessas que a gente não quer responder.
Um desses pontos de interrogação estampados na cara que a gente não quer descobrir a justificativa.
Uma dessas questões que a gente não quer assinalar a alternativa correta porque o resultado da tua conta não tá dentro das opções.
Ele é como uma dessas experiências de quase morte que te faz sentir viva.
Ele é aquela série de palavrões que você solta depois de bater o dedinho mindinho do pé.
Ele é como esquecer o guarda-chuva e tomar uma chuva voltando pra casa depois de um dia muito quente.
Ele é uma lista inteira de coisas ruins que acontecem pro bem.
Ele é como um beijar ou não, eis a questão. Você vai se arrepender de qualquer jeito.

Anúncios

Me conte sua opinião sobre isso

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s