Apaixonada por ti

Para mais poeisa, One and Only – Adele

Eu me apaixonei por você e mal sei dizer quando isso aconteceu. Às vezes posso jurar que foi à primeira vista, antes mesmo de saber seu nome, antes mesmo de saber tudo que você ia significar na minha vida – se bem que, de certa maneira, eu já sabia. No segundo em que meus olhos repousaram sobre os teus eu soube que iria te encontrar novamente e que seria ainda mais especial, eu estava tão certa. Cada vez em que olho pra ti é uma explosão maior e melhor que ocorre dentro de mim.
As famosas borboletas se transformaram em penas de pedra, faziam tanta cosquinha quanto pesavam. Teu nome em meus lábios virou uma poesia que eu adorava repetir por ai, mesmo quando não havia a menor necessidade. Teu rosto em meu cérebro virou propaganda subliminar, aparecia do nada e sem porquê, durava dois segundos e voltava a focar em qualquer outra coisa; mas você tinha aparecido por ali e o qualquer outra coisa já não existia mais.
Quando teu olhar parava sobre mim, me encarando e escancarando, eu não sabia se sorria ou corria. Quando tuas mãos me tocavam, mesmo em um leve aperto de mão, eu não sabia se congelava ou derretia. Quando tuas palavras eram dirigidas à mim, quando tua boca dançava e dizia meu nome, minha mente paralisava enquanto esquecia como se falava.
Quando eu sonhava com você, todas as noites, e acordava achando tudo tão real, eu não sabia que estava apaixonada por ti. Quando todas músicas, sendo sobre amor ou não, me faziam pensar em você, eu não sabia que estava apaixonada por ti. Quando os detalhes do mundo, todos eles, me lembravam você, eu não sabia que estava apaixonada por ti. Quando eu queria te contar, tudo e qualquer coisa que acontecesse, até mesmo o fato de o meu lápis ter caído no chão, eu não sabia que estava apaixonada por ti.
Mas algo dentro de mim sabia que eu simplesmente sempre soube.
Foi em uma terça-feira, dia 24, você passava do outro lado da calça indo na direção oposta a minha. Eu estava de bicicleta e te acompanhei com o olhar, não vi que tinha um poste na minha frente, bati e caí. Você, com seus fones de ouvido, não me viu ou ouviu, seguindo assim seu caminho. Eu, no chão, com uma bicicleta em cima de mim, lembrei de todas as vezes em que você falava para que eu fosse menos distraída, de todas as vezes em que implicou comigo por isso. Foi enquanto eu ria da minha constrangedora situação, enquanto eu agradecia aos céus por não haver mais ninguém na rua naquele momento, foi ai que me deu um eureca! e eu percebi que o motivo da minha distração era você. Sempre foi você.
Então eu finalmente descobri, eu estava apaixonada por ti.

Anúncios

Me conte sua opinião sobre isso

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s