Talvez você me olhe

Para mais poesia My Type – The Chainsmokers

Talvez você me olhe
Ou talvez você apenas olhe para um ponto fixo que sou eu
Talvez eu te encante
Ou talvez eu apenas me aproprie desse sentimento teu que não é meu
Talvez você queira sobre mim descobrir
Ou talvez você apenas queira me fazer rir
Enquanto chama minha atenção
Contando piada e falando besteira
Causando por ti minha abdução
Me fazendo cair da cadeira
E me fazendo perder o chão
Mas isso pode ser apenas da minha cabeça uma doideira
Os teus sinais eu não sei ler
E isso me confunde a cada momento
Não sei do que quer me convencer
Não sei decifrar teu comportamento

Talvez você me olhe
Ou talvez você apenas olhe para um ponto fixo que sou eu
Não saberia dizer
Se ao menos conseguisse o teu olhar descrever
Mas em você paira o mistério
De uma forma tão óbvia que não posso explicar
Minha única vontade é de gritar
Para que você finalmente me fale
Afinal, o que sente por mim?
A sua resposta é sim?
Mas eu sinto que você mal sabe responder

Talvez você me olhe
Ou talvez apenas olhe para um ponto fixo que sou eu
Nem ao menos você sabe dizer
Nem ao menos você sabe o que sente
Mas, por favor, a minha curiosidade não mais alimente
Na minha própria história me sinto uma personagem subjacente

Talvez você me olhe
Ou talvez apenas olhe pra mim enquanto se pergunta
O porquê de eu olhar tanto para você
Os meus sinais você conseguiu ler?
Eu consegui te convencer?
Sobre o que mal sei dizer
Meu corpo não sabe o que sente
Faço um jogo para que a sua curiosidade eu alimente
E você venha procurar uma resposta
E desse jeito saiba o porquê me olha

Me disse sem dizer 

Para mais poesia Ain’t my fault – Zara Larsson

Você me olhou nos olhos e me disse sem dizer que me queria. Me disse sem dizer que te deixo tão intrigado, tão curioso quanto você me deixa; que o efeito que tenho em ti é o mesmo que o teu em mim. Me disse sem dizer que eu preciso dizer à ti que também to te querendo porquê os meus sinais confusos você não está entendendo. Me disse dizendo que gosta de conquistas rápidas, ou vai ou rala; só que você não veio, mas também não foi embora. 

Eu mal consegui realmente ouvir o que você dizia já que estava ocupada demais em prestar atenção em seu olhar me despindo a alma, mas enquanto isso tudo acontecia você me disse sem dizer que está preso a mim igual estou a você.

Hoje eu sonhei com você

Para mais poesia ouça Olhares

Hoje eu sonhei com você.

No sonho a gente se encontrava por algum acaso (ou destino) da vida e começávamos a conversar enquanto rolava aquele habitual clima, que realmente acontece mesmo quando acordada e que eu desconfio que ocorra graças a essa energia estranha – e, de certa forma, gostosa de sentir – que há entre nós dois. Mas, voltando ao sonho, enquanto a conversa acontecia você começou a se aproximar e me envolveu com um de seus braços, nesse momento eu sabia o que iria acontecer e, sabe quando um momento passa tão lentamente que dá tempo de refletir sobre tudo e qualquer coisa? Então, naquele segundo que provavelmente foi o mais lento da minha vida, cheguei a conclusão que não deveria te beijar e me afastei. Só que você me puxou de volta e, com seu rosto quase colado ao meu disse “Isso vai acontecer uma hora ou outra, você sabe, então por que não agora?”, eu tentei, juro que sim, formular alguma frase ou pelo menos dizer alguma palavra mas antes mesmo que pudesse conseguir você continuou “Você sabe que quer.”. Disse isso e riu com aquele sorriso que eu não sou capaz de não admirar. A partir desse momento eu me dei por vencida com seus argumentos e o beijo aconteceu.

Quando acordei fiquei pensando nessa cena que, apesar de ter sido o fruto da imaginação de alguém que dormia, ela simplesmente fazia sentido e não estava tão longe de acontecer. Eu lembrei da cena e lembrei das sensações, lembrei do frio da barriga que senti enquanto você se aproximava, lembrei da sensação (boa) de impotência quando não consegui tirar os olhos do seu sorriso, lembrei da alegria quando te encontrei, lembrei do nervosismo misturado com curiosidade enquanto a nossa estranha energia acontecia, lembrei do seu olhar que me encarava (e escancarava) enquanto conversávamos.

Lembrei de tudo isso e lembrei que todas essas coisas que você fez com o meu corpo são reais e acontecem cada vez que te vejo. Lembrei que a maneira que me olhava é exatamente igual ao jeito que dirige o olhar à mim, como se tentasse me desvendar, como se tentasse me dizer alguma coisa. Um olhar que faz com que meu coração acelere e minhas pernas fiquem bambas, um olhar que me faz te encarar de volta e dar meu máximo pra conseguir manter a postura, um olhar que me faz não saber o que fazer.

Eu tentei responder (à mim mesma) o que você havia dito no sonho e percebi que por mais que eu saiba que de certa maneira é errado, eu também sei que ora ou outra vai acontecer e não vai ter como fugir. Ou talvez até tenha mas eu não acredito que vá querer ir embora.

E eu sei que você também sabe que isso não seria certo mas, da mesma forma que eu, iria querer que acontecesse e deixar que depois que as consequências viessem. Seria um arrependimento daqueles que a gente acha graça depois.

Acho que o ponto todo é esse, a gente sabe que nunca pode acontecer que e isso faz com que queiramos que aconteça, é isso que faz com que essa energia entre nós seja tão… ahhhhhhh! (suspiro)

Apaixonada por ti

Para mais poeisa, One and Only – Adele

Eu me apaixonei por você e mal sei dizer quando isso aconteceu. Às vezes posso jurar que foi à primeira vista, antes mesmo de saber seu nome, antes mesmo de saber tudo que você ia significar na minha vida – se bem que, de certa maneira, eu já sabia. No segundo em que meus olhos repousaram sobre os teus eu soube que iria te encontrar novamente e que seria ainda mais especial, eu estava tão certa. Cada vez em que olho pra ti é uma explosão maior e melhor que ocorre dentro de mim.
As famosas borboletas se transformaram em penas de pedra, faziam tanta cosquinha quanto pesavam. Teu nome em meus lábios virou uma poesia que eu adorava repetir por ai, mesmo quando não havia a menor necessidade. Teu rosto em meu cérebro virou propaganda subliminar, aparecia do nada e sem porquê, durava dois segundos e voltava a focar em qualquer outra coisa; mas você tinha aparecido por ali e o qualquer outra coisa já não existia mais.
Quando teu olhar parava sobre mim, me encarando e escancarando, eu não sabia se sorria ou corria. Quando tuas mãos me tocavam, mesmo em um leve aperto de mão, eu não sabia se congelava ou derretia. Quando tuas palavras eram dirigidas à mim, quando tua boca dançava e dizia meu nome, minha mente paralisava enquanto esquecia como se falava.
Quando eu sonhava com você, todas as noites, e acordava achando tudo tão real, eu não sabia que estava apaixonada por ti. Quando todas músicas, sendo sobre amor ou não, me faziam pensar em você, eu não sabia que estava apaixonada por ti. Quando os detalhes do mundo, todos eles, me lembravam você, eu não sabia que estava apaixonada por ti. Quando eu queria te contar, tudo e qualquer coisa que acontecesse, até mesmo o fato de o meu lápis ter caído no chão, eu não sabia que estava apaixonada por ti.
Mas algo dentro de mim sabia que eu simplesmente sempre soube.
Foi em uma terça-feira, dia 24, você passava do outro lado da calça indo na direção oposta a minha. Eu estava de bicicleta e te acompanhei com o olhar, não vi que tinha um poste na minha frente, bati e caí. Você, com seus fones de ouvido, não me viu ou ouviu, seguindo assim seu caminho. Eu, no chão, com uma bicicleta em cima de mim, lembrei de todas as vezes em que você falava para que eu fosse menos distraída, de todas as vezes em que implicou comigo por isso. Foi enquanto eu ria da minha constrangedora situação, enquanto eu agradecia aos céus por não haver mais ninguém na rua naquele momento, foi ai que me deu um eureca! e eu percebi que o motivo da minha distração era você. Sempre foi você.
Então eu finalmente descobri, eu estava apaixonada por ti.

O caminho mais fácil para o meu coração

Para mais poesia Hear me – Justin Bieber

O caminho mais fácil para o meu coração é me pedir para mandar mensagem quando eu chegar em casa porquê já está tarde, mesmo sabendo que eu provavelmente vou esquecer e você vai acabar me perguntando se eu cheguei bem. O caminho mais fácil para o meu coração é me mandar levar o guarda-chuva mesmo sabendo que vou ser teimosa demais e não vou fazer, é me obrigar a ficar embaixo do seu guarda-chuva porque desse jeito eu vou gripar, mesmo quando eu juro que amo tomar essa chuva gelada. O caminho mais fácil para o meu coração é me dar de repente um beijo na testa quando for levantar pra tomar água, é me abraçar e dar um beijo no ouvido que faz aquele estalo e me deixa zonza por alguns segundos e morrendo de vontade de te matar. O caminho mais fácil para o meu coração é me fazer dar gargalhadas, de tudo o tempo todo. É implicar comigo por eu ser desastrada demais mas sempre me fazer rir da sua preocupação cada vez que eu caio, escorrego, tropeço, bato em algum lugar, derrubo alguma coisa ou qualquer outra coisa que faço diariamente sendo a pessoa atrapalhada que sou.

O caminho mais fácil para o meu coração é quando você me conta histórias, qualquer história que você descobriu por ai. É beijar meu olho simplesmente porque eu acho legal, mesmo isso sendo bem estranho. É quando eu deito no seu ombro e você não se mexe, não importa o quanto você esteja torto. É quando você escolhe um filme de romance ao invés de terror, mesmo esse sendo seu gênero preferido. O caminho mais fácil para o meu coração é quando você me ouve falar horas e horas sobre arte, viagens, universos ou todas as vezes que eu resolvo filosofar sobre a vida. É quando eu te peço perdão por falar tanto e você diz que ama ouvir, que adora ver eu me abrindo e dividindo minhas paixões com você.

O caminho mais fácil para o meu coração é me mandar uma mensagem no meio da madrugada porque aquela música era muito boa e você precisava mostrar pra mim. O caminho mais fácil para o meu coração é me enviar uma carta apenas escrito oi só porque a gente viu um filme em que eles trocavam cartas e eu disse que realmente era muito mais fácil se apaixonar por alguém com mensagens assim do que online. O caminho mais fácil para o meu coração é beijar minha bochecha no meio da conversa simplesmente porque minha bochecha “é tão fofinha que dá vontade de morder”. O caminho mais fácil para o meu coração é segurar minha mão e brincar com meus dedos enquanto contemplamos um silêncio que de algum jeito não é constrangedor. O caminho mais fácil para o meu coração é rir de mim sempre que eu demoro a entender a piada mas brigar comigo quando perco o foco para coisas sérias. É me cobrar mais responsabilidade, mais organização porque, merda, você só faz isso pro meu bem e futuro. O caminho mais fácil para o meu coração é me dar todo o apoio com qualquer coisinha minimamente artística que eu faça, até daquela vez que eu fiz alguns rabiscos na minha própria mão e você disse que ficou lindo e deveria virar uma tatuagem. O caminho mais fácil para o meu coração é reparar na pintinha que nasceu no meu ombro mas não perceber que eu cortei o cabelo. O caminho mais fácil para o meu coração é querer me irritar dizendo que é ridículo o fato de eu amar Scooby mas sempre assistir comigo, e até sem mim, como semana passada que você me ligou às quatro da manhã pra eu poder te explicar como aquele personagem que era o monstro porque não fez sentido.

O caminho mais fácil para o meu coração é me fazer esquecer o mundo quando estou dentro do seu abraço. O caminho mais fácil para o meu coração é se entregar à mim. É ter me segurado quando eu me entreguei completamente à você. O caminho mais fácil para o meu coração é simplesmente ser você.

Você brotou na minha vida

Para mais poesia She’s thunderstorms – Artic Monkeys

Você brotou na minha vida e como uma flor encheu meu mundo de cor. Trouxe suas borboletas e deixou tudo mais leve, mesmo quando fez meu coração ficar mais cheio porque agora você está nele e, graças à ti, o mundo inteiro também.
Você brotou na minha vida e me encantou com teu jeito tão desastrada de quem mal se equilibra nas próprias pernas, com a tua forma de ser fofa até ao falar palavrão, com tua cabeça tão distraída de quem vive no mundo da lua, com a tua mania de mordiscar o dedo quando está nervosa, com o teu abraço que parece caber o mundo e é o lugar mais confortável em que eu já estive.
Você brotou na minha vida e eu me apaixonei pela tua conversa sem tabus de quem sabe falar sobre tudo e mais um pouco, pela tua curiosidade pra conhecer tudo no mundo e querer sempre aprender mais, pela tua personalidade de ser tudo e querer ser ainda muito mais.
Você brotou na minha vida e eu descobri que tu gosta de dançar mesmo quando não tem nenhuma música tocando, que tu tem mania de encarar as pessoas e tentar ler elas, que tu não tem o menor foco e graças à isso às vezes demora um pouco no raciocínio, que tu é a melhor pessoa do planeta pra ser um ombro amigo e que tu valoriza tua liberdade acima de qualquer coisa.
Você brotou na minha vida e eu amei o teu amor, esse sentimento tão lindo que você carrega dentro de si e distribui para o universo. Eu amei o teu universo e teu olhar sobre o mundo, essa visão única de enxergar tudo que há de mais belo por ai. Eu amei tua beleza de ser poesia e de fazer poesia, de ser arte e de fazer arte. Eu amei começar da tua vida fazer parte desde que você brotou na minha vida.