Apaixonada por ti

Para mais poeisa, One and Only – Adele

Eu me apaixonei por você e mal sei dizer quando isso aconteceu. Às vezes posso jurar que foi à primeira vista, antes mesmo de saber seu nome, antes mesmo de saber tudo que você ia significar na minha vida – se bem que, de certa maneira, eu já sabia. No segundo em que meus olhos repousaram sobre os teus eu soube que iria te encontrar novamente e que seria ainda mais especial, eu estava tão certa. Cada vez em que olho pra ti é uma explosão maior e melhor que ocorre dentro de mim.
As famosas borboletas se transformaram em penas de pedra, faziam tanta cosquinha quanto pesavam. Teu nome em meus lábios virou uma poesia que eu adorava repetir por ai, mesmo quando não havia a menor necessidade. Teu rosto em meu cérebro virou propaganda subliminar, aparecia do nada e sem porquê, durava dois segundos e voltava a focar em qualquer outra coisa; mas você tinha aparecido por ali e o qualquer outra coisa já não existia mais.
Quando teu olhar parava sobre mim, me encarando e escancarando, eu não sabia se sorria ou corria. Quando tuas mãos me tocavam, mesmo em um leve aperto de mão, eu não sabia se congelava ou derretia. Quando tuas palavras eram dirigidas à mim, quando tua boca dançava e dizia meu nome, minha mente paralisava enquanto esquecia como se falava.
Quando eu sonhava com você, todas as noites, e acordava achando tudo tão real, eu não sabia que estava apaixonada por ti. Quando todas músicas, sendo sobre amor ou não, me faziam pensar em você, eu não sabia que estava apaixonada por ti. Quando os detalhes do mundo, todos eles, me lembravam você, eu não sabia que estava apaixonada por ti. Quando eu queria te contar, tudo e qualquer coisa que acontecesse, até mesmo o fato de o meu lápis ter caído no chão, eu não sabia que estava apaixonada por ti.
Mas algo dentro de mim sabia que eu simplesmente sempre soube.
Foi em uma terça-feira, dia 24, você passava do outro lado da calça indo na direção oposta a minha. Eu estava de bicicleta e te acompanhei com o olhar, não vi que tinha um poste na minha frente, bati e caí. Você, com seus fones de ouvido, não me viu ou ouviu, seguindo assim seu caminho. Eu, no chão, com uma bicicleta em cima de mim, lembrei de todas as vezes em que você falava para que eu fosse menos distraída, de todas as vezes em que implicou comigo por isso. Foi enquanto eu ria da minha constrangedora situação, enquanto eu agradecia aos céus por não haver mais ninguém na rua naquele momento, foi ai que me deu um eureca! e eu percebi que o motivo da minha distração era você. Sempre foi você.
Então eu finalmente descobri, eu estava apaixonada por ti.

Anúncios

O caminho mais fácil para o meu coração

Para mais poesia Hear me – Justin Bieber

O caminho mais fácil para o meu coração é me pedir para mandar mensagem quando eu chegar em casa porquê já está tarde, mesmo sabendo que eu provavelmente vou esquecer e você vai acabar me perguntando se eu cheguei bem. O caminho mais fácil para o meu coração é me mandar levar o guarda-chuva mesmo sabendo que vou ser teimosa demais e não vou fazer, é me obrigar a ficar embaixo do seu guarda-chuva porque desse jeito eu vou gripar, mesmo quando eu juro que amo tomar essa chuva gelada. O caminho mais fácil para o meu coração é me dar de repente um beijo na testa quando for levantar pra tomar água, é me abraçar e dar um beijo no ouvido que faz aquele estalo e me deixa zonza por alguns segundos e morrendo de vontade de te matar. O caminho mais fácil para o meu coração é me fazer dar gargalhadas, de tudo o tempo todo. É implicar comigo por eu ser desastrada demais mas sempre me fazer rir da sua preocupação cada vez que eu caio, escorrego, tropeço, bato em algum lugar, derrubo alguma coisa ou qualquer outra coisa que faço diariamente sendo a pessoa atrapalhada que sou.

O caminho mais fácil para o meu coração é quando você me conta histórias, qualquer história que você descobriu por ai. É beijar meu olho simplesmente porque eu acho legal, mesmo isso sendo bem estranho. É quando eu deito no seu ombro e você não se mexe, não importa o quanto você esteja torto. É quando você escolhe um filme de romance ao invés de terror, mesmo esse sendo seu gênero preferido. O caminho mais fácil para o meu coração é quando você me ouve falar horas e horas sobre arte, viagens, universos ou todas as vezes que eu resolvo filosofar sobre a vida. É quando eu te peço perdão por falar tanto e você diz que ama ouvir, que adora ver eu me abrindo e dividindo minhas paixões com você.

O caminho mais fácil para o meu coração é me mandar uma mensagem no meio da madrugada porque aquela música era muito boa e você precisava mostrar pra mim. O caminho mais fácil para o meu coração é me enviar uma carta apenas escrito oi só porque a gente viu um filme em que eles trocavam cartas e eu disse que realmente era muito mais fácil se apaixonar por alguém com mensagens assim do que online. O caminho mais fácil para o meu coração é beijar minha bochecha no meio da conversa simplesmente porque minha bochecha “é tão fofinha que dá vontade de morder”. O caminho mais fácil para o meu coração é segurar minha mão e brincar com meus dedos enquanto contemplamos um silêncio que de algum jeito não é constrangedor. O caminho mais fácil para o meu coração é rir de mim sempre que eu demoro a entender a piada mas brigar comigo quando perco o foco para coisas sérias. É me cobrar mais responsabilidade, mais organização porque, merda, você só faz isso pro meu bem e futuro. O caminho mais fácil para o meu coração é me dar todo o apoio com qualquer coisinha minimamente artística que eu faça, até daquela vez que eu fiz alguns rabiscos na minha própria mão e você disse que ficou lindo e deveria virar uma tatuagem. O caminho mais fácil para o meu coração é reparar na pintinha que nasceu no meu ombro mas não perceber que eu cortei o cabelo. O caminho mais fácil para o meu coração é querer me irritar dizendo que é ridículo o fato de eu amar Scooby mas sempre assistir comigo, e até sem mim, como semana passada que você me ligou às quatro da manhã pra eu poder te explicar como aquele personagem que era o monstro porque não fez sentido.

O caminho mais fácil para o meu coração é me fazer esquecer o mundo quando estou dentro do seu abraço. O caminho mais fácil para o meu coração é se entregar à mim. É ter me segurado quando eu me entreguei completamente à você. O caminho mais fácil para o meu coração é simplesmente ser você.

Meu adeus

Para mais poesia Firefly – Ed Sheeran

Hoje fazem seis anos desde nosso primeiro beijo. O último também. É idiotice da minha parte falar que você já me marcava muito antes daquele beijo?
Não que tenha parado de me marcar depois, a realidade é que eu já aceitei que tua marca está em mim pra sempre. Mas pra mim aquele beijo foi um adeus. Uma espécie de despedida que abriu portas para novos (re)começos.
Acho engraçado a coincidência de ter acontecido em pleno dia dos namorados, porém eu sei perfeitamente que nada é por acaso, não quando falo de você. Mais que o acaso, foi o destino trabalhando. Talvez para que eu sempre pudesse lembrar dessa data, afinal, o destino já sabia que se não fosse uma data que eu pudesse lembrar eu nunca lembraria.
O beijo aconteceu durante uma música que eu não estava nem prestando atenção pra saber qual foi, em um show que até hoje confundo as bandas e não tenho certeza. Com isso a gente só vê que o destino colocou nessa data realmente porque se não fosse eu não lembraria, o por quê ele faz questão dessa lembrança ficarei devendo dizer. Uma dívida que acredito nunca poderei pagar, considerando que tento entender esse pequeno formador de acasos há alguns anos – diria uns seis, aliás, oito – e até hoje isso é uma incógnita em minha mente.
Não vou me alongar e ficar refletindo em como o destino funciona na minha vida e na nossa história – nós temos uma história? – porquê meu objetivo aqui era falar da despedida. O adeus que significou também um olá. O adeus que serviu pra fechar um ciclo e abrir outro.
O meu coração ainda dispara na tua presença, ou na simples menção do teu nome, mas agora é um disparo de carinho, um disparo de alguém que sempre vai significar muito pra mim, um disparo de lembrar da primeira pessoa pela qual me apaixonei.

Turquesa

Para mais poesia Halsey – Colors

A chuva lá fora cai
E eu permaneço com esse sentimento que não sai
Mas mais uma vez você se vai
Foge, se esconde
Onde?
Aonde isso vai acabar?
Eu só quero te amar
O quão difícil você precisa isso tornar?
Por que você precisa complicar?
Gostar de ti deixou de ser divertido
Você costumava ser mais destemido
Só que agora sinto minha pele mergulhada em ácido
E isso é dolorido
Eu não quero mais por ti ser apaixonada
Me sinto voando sobre nada
Quando isso virou uma caçada?
E eu mal sei quem é a presa
Talvez seja apenas auto-defesa
E agora o céu está azul turquesa
O sol lá fora sai

Lembranças do coração

Para mais poesia Like a fool – Keira Knightley

Hoje eu lembrei de você em meio a uma conversa qualquer, quis falar seu nome e contar a lembrança mas fiquei com medo de parecer que eu nunca te esqueci. Confesso, não era um medo de que as outras pessoas pensassem isso mas sim eu; era medo de que, se eu pronunciasse seu nome, você fosse se tornar real mais uma vez. Eu nunca vou conseguir te esquecer, sei bem disso, é impossível apagar todas as memórias que guardo contigo e eu nem quero que elas sejam deletadas; bem ou mal você fez parte da minha vida e eu não espero que isso seja deletado, eu te amei afinal. Mas eu consegui esquecer de pensar em você durante cada segundo do meu dia, eu consegui esquecer de lembrar de ti a cada respiração que dava e agora meus suspiros já não te pertencem mais, nem meus sorrisos.
É estranho porque há um tempo não lembrava sequer da tua existência e isso é novo pra mim, perceber que você já não faz mais parte da minha vida. Eu me toquei que meu coração não pulsa mais quando vem à ele qualquer recordação sua porquê não é mais meu coração que se lembra.

Você

Fotografia: Autor desconhecido

Para mais poesia ouça Cor de Marte – AnaVitória

Eu não consigo parar de pensar em você. Fecho os olhos e teu sorriso vem na minha mente, ouço a tua voz mesmo quando o silêncio é absoluto, sinto o teu cheiro quando não há mais ninguém na sala. Minha respiração ofegante e minhas mãos tremendo não negam que você me deixa nervosa. A tua presença faz meu coração parar e depois acelerar de uma maneira que eu tenho certeza que vai explodir, eu posso jurar que as pessoas do mundo inteiro podem ouvi-lo batendo. Todos os meus orgãos se reviram dentro de mim e eu não consigo nem engolir em seco. Parece que eu vou desmaiar, parece que eu vou vomitar. Eu não consigo mais me concentrar em nada, a minha mente foge de qualquer assunto que não seja você. O teu toque me gela e me esquenta, me paralisa e me faz voar. Eu tenho vontade de falar sobre você o tempo todo. Eu tenho vontade de falar com você o tempo todo. Eu te vejo em rostos diferentes em cada esquinas, e mesmo que eu saiba que não é você, naquele mísero segundo em que achei que sim eu perco o controle das minhas pernas, que por vontade própria dançam e tremem, viram geleca, se eu caísse no chão naquele momento não me espantaria.
Há muito tempo eu não me sentia assim, eu gosto dessa sensação.